Curiosidades
Pele escurecida com aspecto "aveludado" pode ser sinal de pré-diabetes
O pré-diabetes, como indica a própria definição, é um estado de risco para o início da doença

Publicado em 29/10/2020 19:05

Foto/Reprodução


diabetes é uma doença comum, normalmente assintomática e que pode demorar para ser diagnosticada se exames clínicos não são feitos regularmente. O problema é bastante sério e pode levar a condições graves, como cegueira, amputação de membros, AVC, infarto e óbito.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Pesquisas estimam que metade dos pacientes não sabe que sofrem com o problema ou que passaram por um período conhecido como pré-diabetes, o que dificulta o tratamento da doença. Ficar atento aos sinais é, portanto, de extrema importância.

Manchas escuras na pele podem ser pré-diabetes

O pré-diabetes, como indica a própria definição, é um estado de risco para o início da doença. É comum em indivíduos acima dos 40 anos e aponta um leve aumento dos níveis de açúcar no sangue, mas não tanto quanto o que ocorre no próprio diabetes.

De acordo com informações da instituição de saúde Mayo Clinic, distúrbios cutâneos são um dos poucos sinais que podem indicar um quadro de pré-diabetes.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Manchas escuras no pescoço, axilas, cotovelos, nas articulações dos dedos e em regiões atrás do joelho podem ser sinais de pré-diabetes.

De acordo com a American Academy of Dermatology Association, as manchas na pele também podem ter aparência aspecto aveludado e significm que há muita insulina no sangue.

O nome do processo de escurecimento é acantose nigricans.

Em um estágio mais avançado, os sinais e sintomas que sugerem que um paciente passou do quadro de pré-diabetes para diabetes tipo 2 incluem: sede excessiva, micção frequente, aumento do apetite, fadiga e visão embaçada.

Causas da pré-diabetes

exame diabetes 0318 1400x800 2
SYDA PRODUCTIONS/SHUTTERSTOCK

Além de fatores hereditários, as causas mais prováveis de pré-diabetes são aumento de peso, alimentação desequilibrada e sedentarismo.

O diagnóstico precoce da doença, obtido através de um exame de sangue, pode evitar a evolução da doença.

É possível evitar a evolução da pré-diabetes

Para evitar que a pré-diabetes evolua para diabetes o paciente deve buscar ajuda especializada e apostar em uma alimentação saudável orientada por nutricionista ou médico e livre principalmente de carboidratos simples.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

É importante ainda manter uma rotina diária de atividades físicas, não fumar, controlar o peso, o colesterol e a pressão arterial e, se necessário, realizar um tratamento medicamentoso.

Do VIX


COMPARTILHAR NO WHATSAPP