Triste Demais
Com 31 anos, medalhista no Pan do Rio é encontada morta pela mãe no Paraná; Suspeita é de infarto

Publicado em 17/10/2020 08:48

Ana Paula Scheffer foi encontrada morta em Toledo, no Paraná — Foto: Arquivo Gazeta do Povo


O primeiro exame feito para definir a causa da morte ex-atleta da seleção brasileira de ginástica rítmica Ana Paula Scheffer foi inconclusivo, informou o Instituto Médico Legal (IML) do Paraná neste sábado (17). Por isso, o corpo da ex-atleta passará por um novo exame. A família suspeita de infarto.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A ex-ginasta foi encontrada morta na sexta-feira (16) na cama do quarto, em Toledo, na região oeste do Paraná.

Ana Paula tinha 31 anos, foi medalhista nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, e trabalhava atualmente como técnica.

Familiares acreditam que a ex-ginasta tenha sofrido um infarto fulminante. A Polícia Científica é responsável pelos exames que vão apontar a causa da morte.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A mãe da ex-atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, afirmou que ainda não sabe como vai lidar com a dor da perda.

"Ela era uma menina muito alegre, muito querida. Nunca me deu trabalho, era muito amorosa. Vai ser mais difícil, porque parece que é um sonho o que estou passando. A hora que cair a ficha vai ser difícil", disse a mãe, Sonia Scheffer.
Ex-atleta foi encontrada pela mãe, no quarto de casa, em Toledo — Foto: Sidney Trindade/RPC

Ex-atleta foi encontrada pela mãe, no quarto de casa, em Toledo — Foto: Sidney Trindade/RPC

A suspeita inicial da família é que ela tenha sofrido um infarto enquanto dormia.

"A gente não tem ideia, falam que é infarto, mas tem que esperar o resultado. Provavelmente é infarto, não tem explicação", disse a mãe.

Treinadora, Ana Paula atuava em Cascavel na formação de atletas. “Ela deu continuidade à carreira na GR como treinadora; suas atletas obtiveram títulos nacionais e sul-americanos”, diz Marcia Aversani, presidente da Federação Paranaense de Ginástica.

O velório de Ana Paula Scheffer será feito a partir das 10h30 deste sábado, na cripta da Catedral Cristo Rei, em Toledo. O sepultamento deve acontecer na tarde de domingo (18), na mesma cidade.


COMPARTILHAR NO WHATSAPP