Saiba Mais
Datena é internado às pressas e passa por procedimento em hospital após sentir dores no peito
A informação foi divulgada logo após o apresentador sair do centro cirúrgico do hospital

Publicado em 26/10/2020 16:26

Foto/Reprodução


FOLHAPRESS - O apresentador da TV Bandeirantes José Luiz Datena foi internado neste domingo (25) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após sentir dores no peito.  Ele disse em vídeo postado nas redes sociais que passou por procedimentos, sem revelar quais foram eles.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A informação foi divulgada logo após o apresentador sair do centro cirúrgico do hospital.

"Estou em plena recuperação e em breve espero estar com vocês de novo", afirmou. Deitado na cama do hospital, Datena disse também que luta contra vários tipos de doenças há muito tempo e tem vencido as "batalhas".

Ele lamentou as mortes provocadas pelo coronavírus e desejou saúde e esperança para todos. "Meu respeito, meu carinho e meu agradecimento. Até já", completou.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Na quinta-feira (22), o apresentador e o governador João Doria (PSDB) discutiram sobre o isolamento social e a briga entre o político e o presidente Jair Bolsonaro em torno da Coronavac, a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Durante entrevista do tucano ao programa Brasil Urgente, Datena perguntou por que o governador dizia que "o pior [da pandemia] já passou" e ainda assim brigava tanto pela vacina.

 

“Datena, volto a repetir para você: são 20 médicos especialistas [do Centro de Contingência do Coronavírus estadual] que cuidam disso, não é determinação minha e nem será sua, com todo respeito que você merece, mas você fica insistindo nisso, você não é médico, não é infectologista, não é especialista. Por isso eu sigo as orientações dos médicos”, respondeu João Doria.

Datena retrucou:

“Nem o senhor é médico, quantas pessoas morreram em São Paulo? São 111 pessoas que morreram em São Paulo [nas últimas 24h]. É quase a metade da França inteira, quase que o total da Espanha inteira, e lá os caras estão fechando tudo e aqui a gente está em fase amarela”, retrucou Datena.

Nisso, o clima começou a pesar, tanto que a assessoria do governador pediu que a entrevista fosse interrompida.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja abaixo o momento:

Do Noticias ao Minuto


COMPARTILHAR NO WHATSAPP